Vacina

Com vacina, 2021 será o ano da transição

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A vacina chegou e as aulas retornaram ao presencial.

Esta é uma semana de muitas notícias boas para todo mundo. Especialmente no Brasil. A maioria das escolas particulares e creches retornaram às suas atividades presenciais. Ao mesmo tempo que, começou a ocorrer a distribuição e vacinação de parte da população Brasileira conta a Covid-19.  Contudo, é necessário reforçar alguns alertas que as autoridades mundiais estão fazendo. Sobretudo, os que se referem a manter os cuidados básicos de distanciamento físico, higienização, prevenção, entre outros.

Acontece que, com o simples anúncio da existência de uma vacina contra a Covid, muitas pessoas instantaneamente acabaram relaxando nos seus cuidados. E vejam que a vacina ainda estava em fase de testes e aprovação. E agora então, com o início da vacinação em massa da população mundial, outros tantos tendem a seguir o mesmo caminho. Ao passo que, isso agrava ainda mais a pandemia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mas vale lembra que as vacinas estão sendo autorizadas de forma emergencial, e algumas com eficácia real ainda a ser confirmada após a vacinação maciça da população de diferentes faixas etárias. E ainda, o mais importante, estamos falando em bilhões de doses para todo o planeta. E não apenas algumas milhares que podem ser facilmente produzidas, distribuídas e aplicadas. Devido a esta demanda altíssima, tanto a produção de insumos, quanto de seringas e agulhas, acabam sendo o gargalo para a fabricação de mais doses.

 

> Retorno às aulas com distanciamento <<

 

Vacina para os Jovens só em 2022

A saber, considerando as faixas etárias e populações mais suscetíveis à doença que devem ter prioridade, os jovens poderão ser vacinados só em 2022. É o que afirma a cientista-chefe da OMS, Soumya Swaminathan. E ainda, complementa que a chamada “imunização de rebanho” não será alcançada em 2021, mesmo com o início das vacinações.

Por este motivo, o retorno às atividades escolares presenciais previstas para Fevereiro de 2021 na maioria das redes / escolas, deve ser seguido por todos os cuidados necessários. Tanto órgãos governamentais, quanto unidades escolares, pais e alunos, devem continuar mantendo a vigilância e dentro do possível, o máximo de distanciamento físico entre as pessoas que circulam no ambiente. Claro, sem esquecer de reforçar a higienização.

Como resultado deste momento ímpar da humanidade, todos precisam continuar alertas. Seja nas salas de aulas presenciais, seja nas atividades profissionais ou de lazer.

Em suma, devemos priorizar sempre que possível o retorno às aulas presenciais. Mas com todos os cuidados necessários. Todos são responsáveis pela saúde própria e das pessoas que estão próximas.

Excelente ano letivo de 2021.

 

Veja mais em:

https://www.theguardian.com/world/2020/oct/15/global-covid-report-young-and-healthy-may-not-get-vaccine-until-2022-who-says

Ou assista diretamente no Youtube em: https://youtu.be/_T4zzpeLUkY

 

 

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
NOTÍCIAS RELACIONADAS